O DECRETO DOMINICAL, OS CATÓLICOS, UM POUCO DA REALIDADE MUNDIAL E A PARTE QUE NINGUÉM ENSINA NA IASD: A PARANÓIA COMO INSTRUMENTO DE MANIPULAÇÃO PARTE I

Posted: December 2, 2010 in contradições, decreto dominical, Dez mandamentos, igreja catolica
(O titulo ficou grande assim mesmo porque este artigo será desdobrado em outros dois)
“Como o sábado se tornou o ponto especial de controvérsia por toda a cristandade, e as autoridades religiosas e seculares se combinaram para impor a observância do domingo, a recusa persistente de uma pequena minoria em ceder à exigência popular, fará com que esta minoria seja objeto de ódio universal.” O Grande conflito pág. 615 par. 3
Paranóia – “Termo utilizado por especialistas em saúde metal para descrever desconfiança ou suspeita altamente exagerada ou injustificada”.
Neste artigo será revelado um lado nunca mostrado nos textos adventistas sobre a questão do tão temido e falado “decreto dominical”. Será que o sentimento que esse ensinamento gera nos adventistas; tem justificativa? Qual realmente é a finalidade de se gerar medo nas pessoas? Tirando o sensacionalismo; o que se pode ver de concreto neste ensinamento exclusivo dos adventistas?  

O inicio:
Lembro, quando criança, que no sábado à tarde, todo o comércio fechava; postos de gasolina, padarias e nem mesmo farmácias estavam abertas, com raríssimas exceções. Domingo? Nem pensar; só na segunda feira.
Hoje, vivemos num mundo onde a correria e a concorrência em várias áreas é grande e arrasadora. Em especial no comércio, vemos cada vez mais estabelecimentos disputando espaço e abrindo aos domingos e outros até mesmo de segunda a segunda. Já existem até prestadoras de diversos serviços 24 hs, indo na contra-mão do “tal decreto”, pelo qual os adventistas tremem de medo só em pensar.
Acontece que, tanto no sábado como no domingo, os comércios faturam alto. O fim de semana virou um filão no grande comércio, com ótimos  lucros para os investidores. 
O que se percebe quando averiguamos diversas  matérias (que os adventistas publicam fazendo um “sensacionalismo terrorista”) é que esses movimentos sobre o domingo, visam proteger um dia de folga da rotina semanal de trabalho do empregado, pois vários trabalhadores atuando nos finais de semana,  estão cada vez mais sem tempo para compartilhar de lazer e descanso junto aos seus entes queridos.


Esses movimentos alertam para esse benefício aos empregados; para evitar abusos e explorações. Está claro nas próprias matérias que os adventistas apresentam, observem:  
“Uma pessoa precisa pelo menos de um dia de descanso na semana para recuperar-se, por exigências espirituais e para ter tempo para estar com a família”… Por esses motivos, “é muito importante guardar e proteger o domingo, como dia livre, como estão pedindo associações culturais, movimentos religiosos e sindicatos”, afirmou Piotr Mazurkiewicz – secretário da Comissão das Conferências Episcopais da União Européia. (grifo nosso)  


O leitor percebeu? O “dia livre”; é a idéia de dar folga ao trabalhador, para ele fazer o que quiser, não de forçar-lo a “guardar” religiosamente o dia assim como apregoam dos ASD. Outro detalhe importante é que esses movimentos já vêm de muito tempo; vejam o que está em outra matéria dos adventistas:   

“Extratos da Constituição alemã de 11 de agosto de 1919 [Constituição de Weimar].” Lá, no subtítulo “Religião e Sociedades Religiosas”, Artigo 139, encontra-se o que está dito: “Os domingos e feriados reconhecidos pelo Estado devem permanecer protegidos por lei como dias de descanso do trabalho e de crescimento espiritual.”   
Vejam, desde 1919, já se falava nisso. Na França, existe uma lei de 1906, (um ano após a morte de Ellen White) que definiu o domingo como dia de repouso. Fico imaginando, os adventistas de 1906 a 1919… Até hoje eles esperam a perseguição, cadeia e pena de morte por serem adventistas – simplesmente um absurdo! E por que o domingo?  Uma questão de lógica. A maioria suprema dos Cristãos tem o domingo como dia de folga, em alusão à ressurreição de Cristo. As coisas não são como os adventistas alegam.

O outro lado da moeda:
A igreja católica realmente, exalta religiosamente o domingo nessa questão, mas não da forma como os ASD presumem. Não se trata de iniciar perseguição aos adventistas impondo a lei com cadeia e pena de morte para quem não guardar o domingo; até porque, os próprios católicos não “guardam” o domingo…
Será que os católicos serão a favor de “obrigar” alguém na marra, a guardar o “tal dia”, que nem eles mesmos guardam? Alguém já viu algum católico “guardando” realmente o domingo? Alguém já viu um católico alertando ou chamando a atenção de alguém sobre a “profanação do domingo”? Você, leitor adventista que já foi católico, já viu algo assim? Como você “guardava” o domingo? Lembra? E na missa; você orava para Deus, Jesus e Maria, ou, orava para o “deus Sol”?

Sem fazer apologia ao catolicismo, sabemos que o domingo para eles, não é nem de longe, um “pisar em ovos” como é o sábado para os ASD. As crianças não precisam ficar perguntando as horas para a mãe, para chegar o pôr-do-sol do “dia sagrado”, para poder ler um simples gibi, ou ligar a TV.  Ou seja, o “dia santo” dos católicos é um dia onde eles  fazem o que bem entendem, sem o “fantasma” da profanação do dia  ficar “cutucando”.

Eles trabalham se quiserem ou for preciso; fazem diversas tarefas em casa, passeiam, assistem TV, jogam bola, vão à praia, ao pesque-pague, ao shopping, ao parque, ao teatro, ao cinema, ao clube, ao estádio de futebol, etc, etc e etc.  
Se o “tal decreto” dos adventistas sair, será que os católicos então deixarão de fazer tudo o que sempre fizeram aos domingos? Sabe o motivo desta pergunta? Porque para tudo isso existir e funcionar no domingo, MUITA, MAS MUITA gente tem de estar trabalhando, oras...


Por exemplo, num parque de diversões não tem a bilheteria? Operadores dos brinquedos e barracas? Pipoqueiros e outros comerciantes? Seguranças? Pessoal do estacionamento?  E quanta gente trabalha nos estádios de futebol? Sem falar na energia, telefonia, o pessoal da TV, e muitos outros; esse pessoal não estaria trabalhando? 
Os católicos acabarão com os jogos aos domingos? Desculpe, mas vou repetir: os católicos vão largar a paixão do futebol aos domingos? 


E os mega-shows? Sim, grandes shows com cantores e bandas nacionais e internacionais; não ocorrem nas noites de sexta e principalmente nas noites de sábado? Sábado ao pôr-do-sol ou meia-noite é domingo. E aí? Vão acabar com os shows? E as baladas? E a Disneylândia e Beto Carrero? A fórmula 1? Feiras? Exposições? E o carnaval? Esse não começa na sexta e vai dias afora passando pelo domingo? E os metrôs, ônibus, táxis para transportar toda essa gente? E os hotéis, bares e restaurantes? E como fica o turismo? E as férias? 
Os católicos vão acabar com tudo o que eles mesmos usufruem no domingo? Seja honesto consigo mesmo e responda…

O absurdo:
Imagine amigo leitor, você com sua família, de férias, em um hotel a beira-mar… Numa bela manhã todos acordam e não tem linha telefônica, não tem camareiras nem serviço de quarto, nada. Você desce até a portaria e só tem um cartaz informando:

“DEVIDO AO DECRETO DOMINICAL TODOS ESTÃO SANTIFICANDO O DOMINGO – CONTAMOS COM A SUA COLABORAÇÃO, POIS QUEM FOR FLAGRADO TRABALHANDO SERÁ PRESO E MORTO – 
A GERENCIA”.
Imagine; nós garantimos que vale a pena! Todos os pontos turísticos do mundo fechados… Porque é domingo.  Domingo, verão 40 graus… E ninguém vai à praia. Claro; tem pena de morte não é mesmo? E os Parques aquáticos? Já pensou? E ninguém iria mais viajar na sexta ou no sábado, pois os portos, aeroportos, rodoviárias, estações e etc, não teriam ninguém trabalhando no domingo nos lugares de chegada. 
E ninguém também poderia sair com seus veículos, pois as seguradoras, todos os serviços de mecânica, borracharias, postos de gasolina e etc., estariam parados.  


O que fica difícil de entender é: Depois que saísse o “tal do decreto”, quem iria ficar trabalhando na “fiscalização” da população mundial para ver se estão realmente “guardando” o domingo? Mas esses “fiscais”, não estariam trabalhando no domingo para fiscalizar? Com isso os próprios católicos, cairiam no mesmo problema dos ASD (já abordado em outro artigo clique:): O que seria “trabalhar” e “santificar” no caso do domingo?
Outra coisa que também não conseguimos nem imaginar é como os católicos vão obrigar todo mundo a ir à missa. Se eles conseguirem, será que vão ter hóstia para tenta gente? Se não conseguirem, vai ter presídio pra todo mundo? Daí volta o problema inicial; se tiver presídio, quem vai tomar conta?     


Sem fundamento:
Diante dessa visão “surreal”; analise conosco o que relatou a Sra. White:
Terrível é a crise para a qual caminha o mundo. Os poderes da Terra, unindo-se para combater os mandamentos de Deus, decretarão que todos, ‘pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos’ (Apocalipse 13:16), se conformem aos costumes da igreja, pela observância do falso sábado. Todos os que se recusarem a conformar-se serão castigados pelas leis civis, e declarar-se-á finalmente serem merecedores de morte”. (O Conflito dos Séculos. P. 610). (grifo nosso)

Agora reflita amigo leitor (especialmente os adventistas): 

- Será mesmo que os católicos irão de repente mudar toda sua doutrina liberal a respeito domingo, criando um decreto imperialista-opressivo, acabando com a própria liberdade?  

- Transformariam o domingo em um fardo assim como os adventistas o fazem com o sábado? 
- Atirariam no próprio pé?   O que os católicos farão? Condenarão a si mesmos a morte? Criarão uma lei contra eles mesmos?

- Ou eles irão obrigar os adventistas a “observar o domingo”… Do jeito católico? (Se for assim tudo bem, os adventistas já fazem no domingo, praticamente tudo que os católicos fazem).

Os adventistas se concentram tanto na paranóia da “perseguição”, que esquecem o que a própria “profetisa” disse:  “…todos se conformem pela observância do falso sábado” (domingo). 

Ou seja, antes dos católicos condenarem alguém, terão que passar a “guardar” realmente o domingo… Ou pena de morte para eles!
Será que eles concordarão com isso? Os católicos também pregam “não matarás” e de repente passarão a pregar pena de morte para quem não guardar o domingo?  Já conversei com vários católicos sobre o assunto e todos ficaram pasmos quando souberam do que ensinam na doutrina dos ASD sobre o domingo e sobre o tal decreto dominical. 



Amigo leitor, seja honesto consigo mesmo e reflita: Só a proibição do futebol aos domingos já criaria uma gigantesca revolta na imensa massa católica.




Vejam outra declaração de EGW sobre o assunto:
“Os dignitários da Igreja e do Estado unir-se-ão para subornar, persuadir ou forçar todas as classes a honrar o domingo. A falta de autoridade divina será suprida por legislação opressiva. A corrupção política está destruindo o amor à justiça e a consideração para com a verdade; e mesmo na livre América do Norte, governantes e legisladores, a fim de conseguir o favor do público, cederão ao pedido popular de uma lei que imponha a observância do domingo. A liberdade de consciência, obtida a tão elevado preço de sacrifício, não mais será respeitada. No conflito prestes a se desencadear, veremos exemplificadas as palavras do profeta: “O dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao resto da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.”   Apoc. 12:17O grande conflito pg. 592 (grifo nosso)

Analise por um instante: Um pedido popularUm pedido do povo, para impor a observância do domingo? Pergunta: Que povo? O povo católico? Os católicos vão pedir uma lei que imponha a “guarda” do domingo com cadeia e pena de morte e acabar com a diversão e lazer deles mesmos? Para isso acontecer, mesmo que fosse verdade, primeiro os católicos deveriam mudar séculos de doutrina liberal no domingo, fazendo deste dia, o mesmo que os adventistas fazem do sábado. 
E um fato que deve pesar muito na balança quando analisamos essa questão é que inacreditavelmente não vemos nenhum católico apontando os dedos para quem trabalha e se diverte  no domingo, mas em contrapartida, todos os adventistas apontam os dedos para quem trabalha ou tem momentos de lazer no sábado.


A verdade:

Observem que a Sra. White cita Apoc. 12:17 deixando claro que, o dragão fará guerra aos adventistas! Sim, pois no entendimento deles, quem guarda os mandamentos de Deus corretamente (decálogo com ênfase sempre no sábado) e tem o testemunho de Jesus (Que na visão deles é a própria Ellen White), é somente a igreja adventista do sétimo dia.
Quando Ellen White criou essa “profecia”, usando a passagem Bíblica acima; aparentemente tinha esquecido que existem outros grupos que guardam o sábado! Pois os judeus (e os outros grupos) guardam o sábado, mas não tem o “testemunho” – dos livros de Ellen White!  Assim, se o “dragão” não vai fazer guerra contra os judeus  por causa do domingo, como será então? Os outros guardadores do sábado que não aceitam a inspiração divina de EGW, muito menos a imposição de outro dia serão “perseguidos” ou não? Meio confuso isso não é mesmo?


Se a guerra é só contra a iasd e mais ninguém é porque então, TODOS OS OUTROS, os não-adventistas, estão do lado do “dragão”, ou caíram “no papo” dele, não é mesmo? (Esse tópico entrará em um artigo específico). 
sse ponto da doutrina adventista revela o egocentrismo gigantesco que eles cultivam.

A realidade:

Outro ponto de extrema relevância e que também não pode ser ignorado é a questão do óbvio. Vejam o cenário em que vivemos hoje no mundo:
Roubos, assaltos, pedofilia, assassinatos, seqüestros, tráficos de crianças, estupros, tiroteios a luz do dia, violência de vários tipos, corrupção, imoralidades, estelionato, trânsito terrível, falta de boa educação, drogas, (em especial o crack que destrói não só o usuário, mas toda uma família); AIDS, epidemias que surgem e matam; temos falta de pessoal preparado e de equipamentos em diversas áreas como segurança pública, faltam policiais , agentes, bombeiros; na saúde também faltam médicos, enfermeiros; existem problemas de saneamento, moradia, o lixo, enchentes, e muitos outros problemas na sociedade mundial. 


Agora imagine você o nosso governo, por exemplo, com tantos problemas de “prioridade nº 1”,  e com as penitenciárias lotadas, faltando espaço para colocar traficantes, estupradores e assassinos… Decretando a guarda obrigatória do domingo? 

As autoridades deixando de lado coisas muito mais importantes e preocupantes; para “perseguir”, prender e até executar um grupo de cidadãos adventistas por guardarem o sábado! É o cúmulo do absurdo! Essa visão paranóica beira ao ridículo se levada ao pé da letra.


E a suposta autoridade de Roma para executar esse “decreto” a nível mundial
Desde muito tempo, a igreja católica vem tentando impor muitas outras coisas, algumas até muito mais graves e não tem tido nenhum sucesso. Vejam por exemplo; a ICAR sempre condenou o uso de preservativos e anticoncepcionais, e o mundo todo, até mesmo os próprios católicos usam. Ela sempre condenou o aborto, e cada vez mais o aborto é legalizado em diversos países. Sempre foi contra o casamento homossexual… E o que vemos? O homossexualismo cada vez mais forte, diversos países aprovando tal casamento. Também a ICAR, sempre levantou movimentos contra a pena de morte. Mesmo assim, muitos países aprovam essa lei. Por que agora, teria sucesso com o tal absurdo “decreto dominical”? Belo bem da honestidade; pense nisso…


Há pouco tempo atrás, um pastor evangélico dos estados unidos iria queimar o alcorão publicamente; o livro sagrado dos mulçumanos. Houve forte pressão internacional e ele foi convencido a não realizar o ato; pois caso o fizesse, a resposta seria catastrófica
Imaginem agora, se o governo dos EUA junto com o vaticano, decretasse para o mundo todo a “guarda” obrigatória do domingo… 



Os mulçumanos iriam largar a sexta-feira, o dia sagrado deles?  
Como reagiriam todos os grupos extremistas do islã? 



Com certeza seria como lemos a tempos em um artigo  na internet: 
“…Não sobraria um americano vivo no oriente médio.  
Essa é para pensar…








Decretos e movimentos em prol do descanso semanal para os trabalhadores, já existem há tempos e entram em choque com outra realidade: Para se ter direito a um dia de folga, sempre alguém terá de trabalhar, para os outros desfrutarem.  

É uma roda viva; uma coisa basicamente depende da outra. Para ocorrer uma verdadeira “guarda” por TODOS, como disse Ellen White, é necessário que o domingo vire o verdadeiro “dia em que a terra parou” e isso é indiscutivelmente uma utopia.




É simplesmente impossível conceber os católicos; depois de gerações e gerações de cultura: “domingo-livre”, de repente, abrindo mão de tudo o que gostam e fazem neste dia, “pedindo” uma lei que cria um “domingo-prisão” tal como o “sábado-prisão” dos ASD, ainda por cima sob cadeia e pena de morte, para eles próprios…

Não sabemos em detalhes como os católicos do século XIX “guardavam” domingo, mas com certeza, se Ellen White visse o mundo e os católicos de hoje… Somos capazes de afirmar que a “profecia” dela seria muito diferente. 





Tudo isso não passa de uma engenhosa estratégia para manter o povo sob controle: 

É a “síndrome” ou “teologia do medo”. Sob a influência deste sentimento a percepção fica prejudicada; colocando os seres humanos a mercê dos seus manipuladores, mas isso é assunto para o próximo artigo.    


Continua…





E que Deus tenha Misericórdia.                                              Décio – um Aprendiz de Cristão.

Para compreender mais sobre a visão doentia dos ASD sobre esse assunto pesquise:
*Alemanha reafirma lei dominical (site: adventismo em foco – jan-2010) 
*Bispos e deputados em defesa do descanso semanal ao domingo (blog: meditando em Jesus  -agosto 2010)
*Bispos europeus querem proteger o domingo (blog: meditando em Jesus -  março -2010)
*Tutela do domingo e defesa dos direitos humanos (Blog: diário da profecia –outubro de 2010)
*Decreto Dominical já chegou no Brasil, e vc continua em cima do muro? http://lethiciaandressa.multiply.com/journal/item/35.


About these ads
Comments
  1. Tatiane says:

    Nossa!!! criticar é muito fácil, dificil mesmo é colocar os joelhos no chão e pedir a verdadeira orientação de Deus, existem muitos ABSURDOS E INVERDADES nestes comentarios vcs nunca estudaram historia? só ela ja aexplica muita coisa somada a bíblia então, tudo fica muito claro, é muito fácil atacar, dificil mesmo é ter coragem para procurar conhecer de verdade, um bom ADVENTISTA JAMAIS!!! postaria coisas tão absurdas e distorcidas dessa forma. Percebo que nos comentarios existem apenas elogios para este blog e sei que a minha postagem será apagada logo em seguida, pois ja deu pra perceber que comentários que defendem a IASD não são aceitos aqui e por isso podem ser vistos como ofenças ou coisa do tipo. Pois bem, não quero ofender nem atacaer ninguem até pq tudo isso que vcs exadventistas ou não estão fazendo é profético já é de se esperar. Que o Senhor Deus os abençoe, principalmente ao dono desse blog. Jesus ainda está de braços abertos a te esperar!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s